A nova edição da Brasileiros mundo afora estará online ainda esta semana! 
Adianto já hoje para você o que vem por aí. Fique ligado!

 

Conhecer novas culturas, aprender uma nova língua, viver um grande amor no exterior, trabalhar, estudar ou lutar por uma vida melhor, são algumas das razões pelas quais tantos de nós deixamos o Brasil para trás. Mas, mesmo longe da nossa pátria, sempre seremos brasileiros. Situações como os protestos ocorridos em junho deste ano no nossso país podem nos despertar diferentes sentimentos.
Muitos, solidários às revindicações, saíram às ruas mundo afora, juntando-se a grande massa. Outros permaneceram imparciais. E você, como se sentiu? Indignado, indiferente ou empolgado? A psicóloga Lila Rosana convida, em seu texto “Brasil, meu Brasil brasileiro…”, a refletir sobre o assunto e testar a sua brasileirice. “Quanto você ainda está conectado com o nosso país?”, questiona ela.

E por falar em brasileiros conectados com a pátria, descobrimos a iniciativa de um grupo de brasileiras em Frankfurt, que fundou, há 15 anos, a Imbradiva. Uma instituição sem fins lucrativos que apoia as brasileiras em seu processo de integração na Alemanha. Um trabalho admirável, que se estende aos filhos dessas mulheres. A organização mantém uma creche internacional, onde as crianças podem ter contato com a cultura brasileira e aprender o português.

A criação dos filhos também permeia o bate papo online que tive com os blogueiros de viagem  Daniel Duclos e Michel Zylberberg, sobre paternidade no exterior. Daniel é pai em tempo integral, na Holanda, e Michel procura balancear a vida profissional com a familiar, na Suíça.

Esta edição apresenta ainda histórias de brasileiros viajantes e corajosos. Pessoas que fizeram as malas e partiram para a aventura. Encararam culturas diferentes, enfrentaram seus medos e testaram seus limites pessoais. Ana Biselli e Rodrigo Junqueira viajam, neste momento, há mais de mil dias pelas Américas. Patricia Takehana e Leonardo Nunes de Azevedo exploraram, cada qual ao seu modo, a belíssima região da Patagônia. Anelise Cornely saiu da sua zona de conforto em busca do sonho de viver no exterior. Tendo a Índia como destino, lá morou e trabalhou por três anos.

Você também tem sede de mundo?
Sonha em fazer uma viagem extravagante? Dar a volta ao mundo de barco, ou fazer um tour por seu estado de bicicleta? A viagem dos seus sonhos é visitar um lugar simples e deserto? Gostaria de morar do outro lado do mundo?  Ou ainda não sabe qual é o destino dos seus sonhos? Convido-o a viajar conosco nesta edição, que estará online até no final da semana. Quem sabe você se inspira e também sai viajando mundo afora? Se isso acontecer, lembre de nos contar!

Boa viagem!