Admirando as fotos no Instagram, descobri os cliques da Mariana Massoni, uma brasileira que mora em São Paulo. Existem fotos que me tocam e estas aqui eu gostei tanto, que convidei Mariana para falar um pouco sobre si e o que a fotografia significa para ela. Acompanhe o trabalho de Mariana no Intagram @maimassoni e no flickr. Enjoy!
“Meu nome é Mariana Massoni, tenho 23 anos e moro em São Paulo, capital. Sou formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em Design de Produto e trabalho no desenvolvimento de playgrounds para uma multinacional.
Fotografia sempre esteve presente na minha vida desde criança, sendo que o primeiro reconhecimento das minhas fotos veio através de um concurso de fotografias na escola em que com nove anos, fiquei na 3ª colocação.
Fotografia para mim é uma possibilidade de mostrar a todos uma nova visão daquilo ao que somos expostos, sejam elas cenas recorrentes do cotidiano, ou como uma nova abordagem de pontos turísticos, por exemplo. 
Algumas séries de fotos minhas expressam isso claramente, como as de São Paulo. Por fazer parte da Comissão Organizadora do Encontro Nacional de Estudantes de Design em São Paulo em 2015, o projeto me fez perceber a cidade de uma forma muito mais intensa, e quando comecei a fotografá-la mais intensamente quis mostrar através da fotografia cenas cotidianas em que passamos despercebidos por culpa do ritmo intenso da cidade e da rotina. Possuo algumas vertentes de abordagem em São Paulo, retratando a arquitetura e locais de costume, pessoas em cenas habituais ou lugares e momentos que nos são alheios, como um pôr do sol na Avenida Paulista. Essa natural nova percepção da cidade me fez admirar muito mais seus elementos, personagens, momentos únicos e a própria cidade. O objetivo é trazer cada vez mais esses componentes paulistanos à vista. 
São Paulo por Mariana Massoni

 

São Paulo por Mariana Massoni

 

São Paulo por Mariana Massoni

 

São Paulo por Mariana Massoni

 

São Paulo por Mariana Massoni
Em relação às fotografias que faço em viagem, eu busco interpretar locais que são demasiadamente fotografados de uma nova maneira, a maioria das fotos são pensadas em como eu gostaria que quem observa a fotografia sentisse o lugar. 

 

Como fotografias não nos revelam o real sentimento de estar presente em um lugar que queremos muito conhecer ou sentimos saudade, utilizo bastante a questão dos detalhes e de realce de luz e cores quando as publico. Como em uma viagem à Itália em Janeiro deste ano, em que passei nove dias em Roma e três em Veneza. 

A ideia era demonstrar um pouco da minha visão e do meu sentimento ao estar em um lugar tão intenso, em que andando na rua você se depara com alguma ruína de mais de dois mil anos, em um lugar que já presenciou tanta história. Antes de viajar, li em diversos lugares o quanto Roma, principalmente, não era fotogênica, e acredito que a questão não se dê ao fato de uma boa fotografia, mas sim de que não conseguimos mostrar em fotos aquilo que sentimos e presenciamos estando em um lugar tão grandioso em diversos aspectos.

Roma é fotogênica ao olhar de cada um, mas só estando lá que poderá sentir que nada é parecido com todas as fotografias que já observou da cidade.

Roma por Mariana Massoni
Roma por Mariana Massoni
Roma por Mariana Massoni
Roma por Mariana Massoni
Com certeza uma das cidades mais incríveis que visitei. E a mais difícil de se traduzir emoções em fotografia.”



 Fique por dentro!

Você quer receber nossas atualizações? Assine nossa Newsletter e faça o download gratuito da nossa nova revista Brasileiros Mundo Afora. Não se preocupe: nós nunca vamos passar o seu e-mail para terceiros, nem vamos encher a sua caixa postal de propaganda. O nosso objetivo principal é compartilhar conteúdo excelente. Se você não gostar pode sair a hora que quiser. Mais Informações aqui: NEWSLETTER